Vinho é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Vinho Na Dieta

O vinho é uma bebida antiga muito consumida no mundo todo e por isso vem sendo estudado a cada ano mais para que se possa dizer exatamente quais são seus benefícios e doses ideias para seus benefícios serem aproveitados da melhor forma.

vinho é low carb

As bebidas alcoólicas em exagero (mais de três doses por dia) causam inúmeros malefícios para o organismo e por isso é que se estuda detalhadamente para que mesmo se tratando de uma bebida que contém álcool ainda possui muitos benefícios para a saúde.

Qual é a diferença entre o vinho branco e tinto?

O vinho branco é feito a partir da uva já descascada, ou seja, as cascas da semente não são utilizadas e por isso o vinho tinto é a melhor opção quando se trata de benefícios para a saúde. Isso porque um dos componentes mais importantes do vinho são os poli fenóis, que estão cerca de 10 vezes mais presentes no vinho tinto.

Os poli fenóis contribuem para a saúde do corpo como um todo mas principalmente a saúde da pele pois agem diretamente contra os efeitos dos radicais livres no corpo. Os radicais livres são responsáveis pelos efeitos de envelhecimento das células como um todo e assim o corpo sofre os efeitos da idade. Essas substâncias atrasam esse processo fazendo com que as células consigam fazer uma maior multiplicação, retardando o processo de envelhecimento.

Por isso é que, se você quiser consumir o vinho como um aliado a beleza a dica é prefira o tinto e ainda seja cuidadoso na dose pois se for consumido de forma exagerada pode ter efeitos contrários por causa da quantidade de álcool. Os benefícios do vinho sempre foram estudados já que ele é consumido desde a idade média.

Principais benefícios do consumo de vinho (Moderadamente)

Dependendo do organismo e absorção e tolerância de álcool é que pode-se se optar por dizer que uma taça de vinho é o indicado para ser consumido diariamente e usufruir dos benefícios.

O vinho faz bem para o coração e ajuda a diminuir os níveis de gordura e colesterol pois, o álcool desenvolvido nessa bebida faz com que o fluxo de sangue que passa entre as veias e artérias aumente, isso gera várias boas consequências como: diminuir a inflamação dentro do organismo e inibir a coagulação do sangue.

Além disso, a combinação desse álcool e dos poli fenóis são agentes ativos para evitar a formação de placas de gordura reduzindo a inflamação, isso reduz ainda a oxidação dos lipídeos que são responsáveis por “fechar” as artérias. Assim, esse processo retardado e os vasos sanguíneos tem mais capacidade de se dilatar, aumentando o fluxo sanguíneo para as mais diversas partes do corpo.

Os benefícios podem ser sentidos ainda mais quando o consumo de vinho se dá concomitante a prática de exercícios físicos. Um potencializa o efeito do outro. O recomendado é que seja inclusa uma taça de vinho de 3 a 4 vezes por semana e de preferência a noite para que os efeitos sejam estendidos na hora de um sono tranquilo também.

Afinal o Vinho pode na dieta Low Carb?

O vinho é a bebida que menos tem carboidratos dentre as bebidas alcoólicas e por isso é a mais indicada para consumo porém, como estamos falando da dieta Low Carb é preciso ficar de olho na quantidade de carboidratos em qualquer coisa.

Por exemplo, um vinho tinto de mesa possui aproximadamente 3,85 gramas de carboidratos em 150 ml e 125 calorias.

Se forem comparados o Vinho Merlot, Rosê, Syrah, enfim, todos os demais possuem basicamente a mesma composição então, pode-se dizer que o vinho É permitido na Dieta Low Carb e o aconselhável é beber os 150 ml que equivalem a uma taça por 3 vezes por semana.

Porém, sempre que for optar por adicionar uma bebida a dieta ou tomar qualquer que seja é preciso ficar de olho no rotulo r nos sintomas que essa bebida pode causar. Existem pessoas que não se sentem bem após ingerir bebidas alcoólicas, ou que nunca beberam e o corpo não está acostumado. Nesse caso é preciso começar com doses menores.

Outra dica é incluir o vinho antes de dormir pois ele ainda ajudará a ter uma excelente noite de sono.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *