Tomate é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Tomate Na Dieta

O tomate é um poderoso alimento que está associado a várias dietas por suas inúmeras propriedades para a saúde e além disso, é inclusivo e conhecido pelo seu fator que propicia a longevidade das pessoas que o consomem. As vitaminas e minerais presentes nele afastam uma centena de doenças.

tomate é low carb

Quais são as vitaminas que fazem com o que o tomate seja tão poderoso para a saúde?

Ele contém uma série de antioxidantes dos mais diferentes tipos. Os carotenoides, eles são responsáveis por diminuir os níveis de radicais livres do corpo e fazer com que seja possível prevenir uma série de doenças crônicas e degenerativas. Mais do que isso, os antioxidantes ajudam a pele melhorando seu aspecto, a deixando mais bonita. Dos antioxidantes que ajudam na saúde da pele o mais importante é o licopeno.

Além de tudo esse alimento é grande aliado na perda de peso principalmente pelo fato da grande quantidade de fibras que contém em poucas calorias. Um tomate tem cerca de 20 calorias. É uma quantidade excelente e muito baixa quando considerado o bem que ele faz e a saciedade que gera no organismo.

Por isso, a indicação é feita de forma que ele possa estar presente durante as principais refeições. Quando adicionado a uma salada de folhas verdes é um ótimo acompanhamento, é uma ótima opção também no sanduiche entre o queijo e presunto. O ideal seria que o tomate fosse consumido previamente a uma refeição. Porém, o mais importante é ingeri-lo.

Ele é um excelente aliado aos que estão tentando adquirir mais massa muscular, isso porque atualmente ele vem sendo estudado por uma molécula chamada “Tomatidina” que é produzida pelo corpo assim que o tomate é ingerido. Essa molécula ajuda a inibir os responsáveis pela causa da atrofia muscular, dessa maneira há uma maior estimulação celular que resulta no crescimento dos músculos.

Essa mesma pesquisa concluiu que alguns atletas que tomam suco de tomate no pós treino apresentam ótimos níveis de recuperação muscular. Por isso, trata-se de um alimento extremamente eficiente quando o objetivo é esse.

O tomate é um alimento que além de todos esses benefícios é facilmente introduzido na alimentação. Pode-se colocar na salada, apenas lavando-o e é muito prático pois já está pronto para o consumo. Além disso, o molho de tomate é um acompanhamento muito simples e se bem feito pode ser adicionado a inúmeras combinações.

Não há muita diferença no consumo de tomate cru ou tomate cozido. O que acontece é que quando aquecido ele perde algumas vitaminas, como é o caso da C. Mas, por outro lado ele passa a incorporar uma série de vitaminas a mais quando aquecido, então, vale a pena consumi-lo tanto de forma crua quanto cozida.

Tomate é Low Carb?

SIM. O tomate é um alimento com poucas calorias e muitos benefícios, uma unidade de tomate fornece em médias 5 gramas de carboidratos, o que é pouco, comparando com os benefícios que ele pode trazer juntamente com a sensação de saciedade.

Então, é preciso ficar de olho nas quantidades sempre. Um molho de tomate quando feito apenas com a combinação de tomate, cebola, e alho precisa ser consumido moderadamente de qualquer forma, pois, o que acontece são que os acompanhamentos mais o molho podem resultar no aumento dos carboidratos.

Quando o molho de tomate é usado em uma lasanha de berinjela com frango low carb por exemplo, é necessário ficar de olho nas quantidades de tomates, frango, requeijão, queijo, e contabilizar a média de carboidratos existentes naquele prato.

Não é preciso que se fique neurótico e contando toda vez em toda refeição o número de carboidratos, mas, uma dica simples é ter uma ideia quando se prepara alguma coisa. Se você contabilizar uma ou duas vezes o número de carboidratos que contém uma determina comida será mais fácil de saber o que você poderá optar por comer sempre.

O importante é que não se torne uma monotonia ou não se adeque a dieta. O tomate pode ser ingerido tanto cru quanto cozido mantendo as propriedades então, um omelete muda totalmente o paladar quando adicionado um tomate. Ou, ainda se você acha que não combina com o prato que irá comer ele pode ser adicionado antes da refeição com um pouco de sal, azeite de oliva, pimenta. Enfim, deu pra se ter uma ideia da importância dele pra saúde e jeitos de incluir não faltam, é só usar a criatividade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *