Repolho é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Repolho Na Dieta

O repolho é um vegetal presente na Low Carb e muito utilizado em saladas e preparos light por causa de seu baixo valor calórico e carboidratos presentes pode ser incluso em todos os tipos de dieta e é recomendado inclusive como fonte de vitaminas e minerais.

Suas propriedades fazem com que ele seja um excelente alimento contra alguns tipos de tumores e câncer de estômago, cólon, pulmão e mama. Além disso, é um antioxidante poderoso agindo nas células e fazendo com que tenham mais vitalidade e se renovem mais frequentemente, aumentando e melhorando a saúde da pele.

repolho é low carb

O repolho é um ótimo alimento pois possui grande quantidade de cálcio em sua composição, além de aumentar os níveis de magnésio no sangue que é fundamental para a saúde dos ossos e para prevenir a osteoporose.

O consumo de repolho tem contra indicação para aqueles que sofrem com desordens da glândula tireoide pelo fato de conter em sua composição

O repolho é um alimento permitido na Low Carb e indicado na alimentação de qualquer pessoa, esteja ela fazendo dieta ou não. Cerca de 100 gramas de repolho possuem 25 calorias, uma quantidade muito baixa quando se pensa nas vitaminas e minerais que ele traz. Então, é muito importante que ele seja adicionado na alimentação.

O que acontece geralmente é que quem consome repolho pode não gostar de repetir sempre o mesmo gosto, pois ele é um vegetal com um gosto pouco característico, porém uma vantagem é que hoje em dia existem inúmeras combinações, receitas e indicações na internet para que ele vire um prato nutritivo e cada vez mais delicioso.

Ele contém bastante água em sua composição e conta com três tipos: Repolho roxo, chinês, crespo e branco. Todas as versões possuem uma quantidade considerável de ácido fólico que é ótimo para a saúde e indicado principalmente para as mulheres grávidas. As diferenças entre eles se dá mais pelas vitaminas e minerais presentes do que pelo gosto em si, já que são muito semelhantes.

Além de na versão crua com sal e vinagre, alguns molhos e saladas o repolho pode ser servido com várias outras opções Low Carb.

Uma receita muito boa e completamente diferente usando repolho é um Escondidinho de Repolho Low Carb, que é uma delícia e vale de opção pra quem quer inovar sem sair da dieta.

Ingredientes:

  • Meio repolho verde
  • Meio quilo de carne moída magra
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • Meia xícara de chá de creme de leite
  • 2 ovos
  • 4 colheres de parmesão ralado
  • Queijo mussarela a gosto
  • 1 colher de sopa de Azeite de oliva
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de Fazer:

Escalde o repolho por aproximadamente uns cinco minutos para que ele murche e perca um pouco da água, depois disso corte e coloque em uma panela pra refogar com a cebola, o alho, azeite e o sal a gosto. Refogue até que ele murche e fique bem menor do que o tamanho normal, depois disso reserve.

Em outro refratário junte o creme de leite e os ovos, misturando até formar uma mistura homogênea e depois acrescente o repolho refogado.

Coloque tudo em uma panela juntando com o parmesão ralado e mecha até cozinhar e o queijo derreter por completo.

Em outra panela prepare a carne moída. Pode se utilizar um fio de azeite de oliva pra refogar o alho e a cebola e depois mexer até cozinha-la totalmente. Aqui pode ser acrescentado sal e pimenta a gosto e se quiser também algum outro ingrediente pois servirá como o recheio do escondidinho.

Em um refratário untado coloque metade da preparação com o repolho e depois coloque a carne moída, e depois o restante do repolho. Em cima polvilhe a mussarela. Leve ao forno 180 graus por mais ou menos 20 minutos até que os ingredientes aqueçam e se misturem e mussarela gratinar.

Essa é apenas uma das receitas que podem ser usadas para otimizar esse alimento que é cheio de vitaminas e o mais importante é que é versátil e pode ser incluso na Low Carb sem culpa.

Quanto mais comida de verdade a pessoa conseguir trazer para a dieta mais benefícios ela trará a longo prazo para a saúde, também. Por isso é interessante diversificar sempre os alimentos para que haja sempre maior variedade e o paladar continue tendo várias opções.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *