Presunto é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Presunto Na Dieta

presunto é low carb

O presunto é feito com a parte traseira da carne de porco conhecida como pernil. Ele é feito a partir das peças inteiras e por isso, quanto maior a peça melhor a qualidade do alimento. Antes de ficar pronto o presunto é submetido a uma injeção de salmoura e envolvido em um plástico que faz com que ele fique com o gosto característico.

presunto é low carb

Você pode encontrar receitas low carb com presunto no nosso livro aqui.

Existe também o apresuntado e o que diferencia um do outro é a composição. O apresuntado é feito a partir das demais partes do porco, como a patela por exemplo. Contém mais gordura e menos proteínas, e muitas vezes é considerado um presunto de segunda. Por esse motivo, também é vendido mais barato.

Não possuem tanta diferença no gosto pois, ambos são preparados na salmoura da mesma forma, então, quando inclusos em receitas não há tanta diferença. Porém, em dietas é necessário prestar atenção e estar consciente da diferença entre eles.

Tipos de presunto e composição:

Presunto: 100 gramas possuem cerca de 85 calorias, é composto de 18% proteínas e apenas 1% de carboidrato.

Apresuntado: Tem cerca de 13% de proteínas em sua composição e 5% de carboidrato. A cada 100 gramas fornecem aproximadamente 120 calorias.

Mortadela: É a mistura de várias carnes, sua maioria é feita de partes inteiras mas também um pouco de miúdos como: pele, rins, tendões, língua e coração. A outra parte é complementação feita com gordura. Cada 100 gramas contém 260 calorias. É muito popular e consumida no Brasil.

Presunto Parma: Esse presunto é de origem Italiana e é feito a partir da dissecação do pernil suíno. São necessários pelo menos dez meses para que esse processo seja finalizado, são utilizados apenas suínos com mais de 130 quilos.

Os presuntos parma feito no Brasil imitam a fabricação italiana porém, os originais de lá são salgados com um sal marinho especial e permanecem em câmaras frias especiais por até dois anos. É um presunto caro por causa de seu processo de fabricação mais elaborado. 100 gramas desse produto totalizam cerca de 220 calorias.

Para manter o gosto e a textura do presunto são necessárias várias etapas em sua preparação e por isso ele possui uma grande quantidade de sal e gordura. Como trata-se de um embutido as gorduras utilizadas na maioria dos presuntos tradicionais são as saturadas, essas gorduras são muito prejudiciais à saúde podendo aumentar significativamente os níveis de gordura no sangue quando consumidos diariamente.

Além disso, presunto conta com uma grande quantidade de sódio em sua composição, que em excesso é responsável por causar a hipertensão ou pressão alta. As quantidades de sal são necessárias para que o presunto tenha o gosto bem salgado e característico. Esse é um grande atrativo pois, se torna prático e é geralmente usado tanto nos lanches da tarde ou cafés da manhã.

Presunto é permitido na Low Carb?

Considerando a quantidade É. O presunto é um alimento como já visto, com grande quantidade de sódio e gordura porém também conta com uma quantidade significativa de proteína e baixo carboidrato. Mas, é necessário ficar de olho pois é um alimento que deve se ficar de olho nas quantidades e frequência de consumo.

Quando a opção for por colocar o presunto na dieta é ideal que se escolha um presunto cozido e sem capa de gordura. Isso o deixa com um pouco menos de calorias e gorduras, porém, os níveis de sódio de uma simples fatia ainda são altos e por isso é necessário ingerir bastante água.

Existe também o chamado “peito de peru” que não caracteriza um presunto em si, mas possui metade da quantidade das calorias de um presunto tradicional por exemplo, e ainda é feito das partes magras do frango e contém mais proteínas. Porém, mesmo nessa versão os níveis de sódio e conservantes continuam altos.

O mais indicado é que esse ingrediente seja utilizado de forma consciente e só de vez em quando. Misturar o presunto com algum alimento sem sal nenhum como em acompanhamentos de saladas, sanduiches, omeletes e fazer com que ele seja o único alimento com sal.

É muito importante lembrar que quanto menos alimentos processados fazerem parte da dieta mais hábitos saudáveis e benefícios a longo prazo são adquiridos. Então, não se trata de não ingeridos jamais, mas, se a pessoa quiser e gosta pode coloca-los de forma consciente reduzindo o sal e gordura dos demais. Lembrando que, qualquer alimento é prejudicial se usado em excesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *