Maracuja é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Maracuja Na Dieta

maracuja é low carb

O maracujá possui um sabor muito característico e é usado geralmente para o preparo de doces e sobremesas. É também um delicioso acompanhamento de peixes e grelhados. Sem contar no suco de maracujá que tem a fama de acalmar os ânimos. Contém mais de 500 espécies e para ser cultivado precisa de um ambiente tropical.

Seu cheiro e sabor são muito característicos, e além de ser uma delícia seu consumo traz inúmeros benefícios para a saúde. Por se tratar de uma fruta extremamente ácida, característica de muitas espécies, é consumida geralmente com açúcar ou algum componente que consiga neutralizar essa acidez.

Propriedades do Maracujá para a saúde

O maracujá é rico em antioxidantes, principalmente os chamados “Flavonoides” esses componentes agem fazendo com o número de radicais livres no sangue diminua e assim retarde a oxidação e envelhecimento das células. Isso traz inúmeros benefícios tanto para a saúde quanto para a estética pois melhora a aparência da pele, cabelos e unhas.

Além disso os flavonoides podem ajudar na erradicação das células cancerígenas, isso porque ele age impedindo que elas se reproduzam, cortando sua proliferação. Dessa maneira o consumo regular de maracujá faz com que as probabilidades de desenvolver qualquer tipo de câncer sejam minimizadas.

Mais do que isso, células que desenvolvem certos tumores como de boca, e pulmão também podem ser prevenidos com a ajuda do maracujá. Além de conter em sua composição altos níveis de vitamina A. A combinação desses dois componentes faz com que o corpo consiga eliminar as células doentes.

Os níveis de vitamina C presentes nessa fruta fazem com que a imunidade ganhe um reforço. Isso porque essa vitamina estimula a atividade das células brancas do sangue que são responsáveis diretamente pelo nosso sistema de defesa. E isso vale pra doenças desde gripes e resfriados até infecções e doenças mais graves.

Essa fruta possui altos níveis de fibras solúveis que são extremamente importantes para o processo de digestão. Quanto mais fibras um alimento contém mais ele precisa de energia para ser metabolizado e isso faz com que o corpo aumente o gasto calórico.

As fibras ajudam fazendo com que a saciedade dure mais tempo, por isso é que o maracujá é indicado nas dietas, pelo fato de causar maior saciedade. Desse modo não é preciso que se ingira tanta comidas pois a fome ao longo do dia diminui.

A composição do maracujá também conta com um componente muito poderoso que é o ferro. Ele é extremamente importante para a coloração do sangue. Pessoas que tem deficiência de ferro no organismo tem o sangue mais esbranquiçado. O maracujá ajuda a manter os níveis de ferro do organismo pois contém 20% dessa propriedade em uma unidade.

As propriedades de vitamina A presentes nessa fruta ainda podem se estender para a saúde dos olhos. Isso inclui a prevenção da degeneração macular, catarata e cegueira noturna.

O alto teor de potássio e baixo teor de sódio fazem com que esse alimento auxilie na regulação da pressão arterial pois relaxa a tensão dos vasos sanguíneos aumentando o fluxo de sangue que circula por eles. Isso regula o ritmo e faz com que mais sangue seja bombeado para o coração limpando os canais que podem estar trancados por conta de suas substâncias antioxidantes.

Os boatos sobre o maracujá acalmar são realmente verdadeiros pois ele age como um sedativo leve que induz ao sono, relaxando a musculatura e levando ao sistema nervoso central mensagens positivas. Aliás, essa fruta já está sendo recomendada por médicos exatamente por essas propriedades terapêuticas.

Afinal, o Maracujá é permitido na dieta Low Carb?

Um maracujá de 100 gramas contém 98 calorias 23 gramas de carboidrato e 10 gramas de fibras. Com essa informação é possível concluir que a quantidade de carboidratos dessa fruta não é baixa então, quando inclusa na dieta ela deve ter duas ressalvas. Ser consumida sem adição de açúcar e além disso, ser consumida de maneira controlada.

Ao invés de consumir um maracujá inteiro de 100 gramas é ideal que se consuma ele em duas etapas e para aproveitar o número de fibras dele da melhor forma é indicado que ele seja consumido como sobremesa. Além de conseguir obter todas as propriedades maravilhosas que o maracujá proporciona á saciedade durará mais tempo e a digestão será feita de maneira mais eficaz aumentando o trabalho do metabolismo e facilitando assim o emagrecimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *