Manga é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Manga Na Dieta

A manga é uma fruta muito rica em fibras, vitamina A e antioxidantes e por isso é bastante consumida, principalmente no verão gelada ou em forma de sucos. Pode também ser inclusa em saladas fazendo com que elas fiquem com o gosto agridoce.

manga é low carb

Ela tem cerca de 10 variedades diferentes consumidas no Brasil e cada unidade pode ter aproximadamente 300 gramas. Sua casca varia de acordo com quão madura a fruta está ficando cada vez mais amarelada, e por dentro é composta de muitas fibras e cor amarela.

Cada 100 gramas de gramas fornecem 50 calorias, e por isso, quando inclusa na dieta deve ser levado em consideração que, é preciso controlar a quantidade ingerida e não comer uma manga inteira por exemplo, porque apesar dos benefícios em sua composição ela é uma das frutas com mais carboidratos presentes.

Quando consumida de maneira correta a manga ajuda na perda de peso. Apesar da quantidade de carboidratos contidos nesse fruta a manga pode ser uma ótima opção para substituir alimentos ricos em farinha e açúcar branco como bolos, bolachas, sobremesas. Isso porque ela dá maior saciedade por causa do número de fibras que contém e além disso, faz bem para o corpo pela quantidade de antioxidantes que contém.

Além disso, caracteriza-se uma ótima opção pelo fato de ter baixo índice glicêmico, isso é muito importante pelo fato de não causar picos de insulina no sangue diminuindo com isso, e seu número elevado de fibras a quantidade do açúcar livre no sangue. Por isso, a manga é um excelente aliado para os diabéticos, ou os que querem diminuir o nível de açúcar no sangue.

A manga é um excelente alimento pois contém quantidades consideráveis de vitamina A, cerca de 25% da dose recomendada diariamente está em 100 gramas. Essa vitamina é muito importante para a visão e as células presentes nos olhos, evitando as chamadas cegueiras noturnas.

Junto com a vitamina A, a vitamina C também ajuda nos níveis de imunidade do corpo. Essas duas vitaminas agindo juntas melhoram a resposta do corpo contra resfriados, gripes, vírus, ou quaisquer doenças além por causa da propriedade que carregam de melhorar a função executada pelos glóbulos brancos.

Mais do que isso, essas vitaminas ainda são capazes de retardar o efeito causado pelos radicais livres no corpo. Os radicais livres são responsáveis pelo envelhecimento das células e do corpo como um todo. Quando são ingeridos alimentos ricos em antioxidantes eles tem o poder de fazer com que as células se reproduzam mais e deixem a pele mais bonita e radiante. Isso vale também para unhas e cabelos.

A quantidade de fibras contida na manga faz com que o corpo funcione melhor como um todo. Isso acontece porque as fibras são responsáveis por criar micro organismos benéficos para a flora intestinal e para o corpo como um todo. Elas são responsáveis também por faxinas eliminando toxinas do bom funcionamento do organismo como um todo.

A grande quantidade de potássio que contém esse alimento beneficia os níveis de oxigênio dentro dos músculos, beneficiando os atletas na recuperação muscular e na obtenção da massa magra, junto com uma dieta regulada e focada.

Apesar da grande quantidade de carboidratos a manga pode ser inclusa na dieta Low Carb poucas vezes por semana e com no máximo 100 gramas é melhor do que qualquer alimento que seja rico em açúcar e farinha branca. E pode ser sim consumida no caso de não haver nenhuma opção.

Como a quantidade de carboidratos permitidos na Low Carb é baixa, principalmente no começo da dieta, pois é a fase onde o corpo começa a se familiarizar com o novo funcionamento onde a fonte de energia é dada a partir de gorduras e proteínas a manga deve ser evitada.

Nas fases de manutenção que é onde a pessoa provavelmente já perdeu vários quilos com essa dieta e agora já pode incluir alguns alimentos com mais carboidratos, essa fruta pode ser inclusa mas regulando quantidades, horários e acompanhamentos. O mais importante é que sempre que consumida seja reduzida a cem gramas e seja feito um acompanhamento com por exemplo um mix de oleaginosas ou outra boa indicação é usá-la para substituir a sobremesa, pois, a grande quantidade de fibras ajudará na metabolização e digestão da refeição como um todo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *