Laranja é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Laranja Na Dieta

laranja é low carb

Quando se fala em laranja é quase impossível não associa-la a vitamina C. Essa fruta é muito recomendada por médicos e nutricionistas pelos níveis dessa vitamina que oferece e os benefícios que assim, garante. Uma laranja contém 150% das necessidades diárias de vitamina C, e sua safra vai de agosto a outubro. É nessa época do ano em que é possível encontrar as laranjas mais bonitas e suculentas.

A laranja é muito versátil e pode ser usada na fabricação de bolos, doces, sobremesas, caldos. Enfim, ela pode ser usada para uma infinidade de coisas tanto integrais quanto com açúcar tradicional. O suco de laranja é muito comum em restaurantes para acompanhar o almoço, e também é muito consumido de manhã para começar o dia ingerindo uma grande quantidade de vitaminas e minerais.

Por ser uma fruta bastante utilizada ao longo dos anos ela é também muito estudada, e quanto mais se sabe sobre a laranja mais são descobertos novas propriedades que fazem bem à saúde. Ela contém uma série dos chamados “fito nutrientes” que agem com a vitamina C e minerais presentes em outros componentes da alimentação potencializando-os.

A vitamina C é responsável por vários processos do corpo humano como: Ajudar na saúde da pele já que os radicais livres perdem sua força de ação em contato com a vitamina C fazendo com que as células consigam se renovar com mais frequência e evitando que eles a degradem, isso que é conhecido com o processo de envelhecimento celular. E por isso a vitamina C é tão procurada, principalmente pelas mulheres, porque com ela é possível retardar o envelhecimento da pele.

Os antioxidantes também tem grande importância no processo auto imune do corpo. Fazendo com que as defesas naturais do organismo fiquem mais poderosas e atuem com mais força evitando doenças, não se tratando apenas de gripes e resfriados mas em um todo como fortalecendo contra vírus e bactérias, e além disso inibem a formação e possíveis coágulos.

Do ponto de vista nutricional ou seja, quando for pra aproveitar melhor as vitaminas e minerais da fruta o ideal seria que ela fosse inclusa em vitaminas, sucos e minerais e usando o suco de mais de uma. Pois quanto maior a concentração de suco, maior de vitaminas, porém, essa fruta contém grande quantidade de um açúcar chamado “frutose” que é próprio dela, por isso deve ser evitado por pessoas diabéticas, por exemplo.

Como funciona esse açúcar da fruta?

O açúcar da fruta é conhecido como frutose e não é a mesma coisa do que o açúcar branco refinado por exemplo, porém, dentro do organismo ele se transforma em carboidrato da mesma forma, e como o suco de laranja é rapidamente absorvido pelo organismo então, ocorrem os chamados picos de glicose, fatos esses que levam o organismo a aumentar os estoques de gordura.

É por isso que, ultimamente o suco de laranja vem sendo considerado um vilão quando se fala em emagrecimento. De certa forma, a laranja realmente tem as quantidades de carboidrato alto, e isso eleva os níveis de açúcar no sangue. Por exemplo, uma laranja média de 100 gramas possui em sua composição quase 10 gramas de carboidrato. Por isso é preciso ficar de olho toda vez que for se consumir essa fruta.

Laranja É permitida na Low Carb

Essa fruta é um excelente alimento e por isso é permitida na Low Carb, mas, é necessário que sejam levadas em consideração algumas coisas.

Se a fruta for adicionada na Dieta, é preciso que seja uma unidade por dia no máximo e que seja consumida com o máximo de bagaço que a pessoa se sentir confortável em comer. No bagaço, que representa a parte branca da fruta, é que estão a maior quantidade de fibras. Essas fibras quando estão no estômago ajudam a facilitar a excreção de substâncias, ajudando os que tem o intestino preso, por exemplo. Além disso, aumentam a sensação de saciedade, o que é bom pra quem quiser ingerir menos alimentos de outros tipos.

Quando for usada em vitaminas e sucos a laranja deve ser limitada a uma unidade só, por causa dos altos níveis de açúcar. Do ponto de vista nutricional e quando inclusa na dieta Low Carb ela pode ser usada como sobremesa ao invés de tomar o suco de fruta por exemplo.

Uma boa dica é usá-la como sobremesa depois de uma feijoada ou lentilha. Você vai conseguir otimizar o nível de vitamina C e ferro que seu corpo absorve.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *