Amido De Milho é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Amido De Milho Na Dieta

O amido de milho é uma espécie de farinha utilizada para incorporar receitas como bolos, bolachas, caldos. É um ingrediente muito poderoso na cozinha e pode fazer inúmeras delicias pois possui uma textura e gosto muito característicos.

amido de milho é low carb

É uma farinha derivada do milho onde a parte utilizada dele é a chamada endosperma, ali estão concentrados o amido e a proteína desse vegetal e é disso que a farinha é extraída.

Por ser extraída de uma fonte um pouco diferente do que o milho e não da semente de milho em si, o amido de milho ainda mantém alguns do benefícios dele, não todos, porém sua grande maioria.

São o caso dos minerais como: cálcio, potássio, magnésio, zinco e fósforo. O amido de milho em si pode ser considerado naturalmente sem glúten, mas mesmo assim, algumas marcas que o comercializam não indicam que sejam consumidos por pessoas com doença célica pelo fato de poderem conter vestígios de outras farinhas deixadas nas máquinas de moagem e preparação para o embalo.

Uma característica bem importante do amido de milho é que ele ajuda a dar mais cremosidade engrossando as preparações em que é utilizado. A farinha de trigo tradicional pode agir quase da mesma forma porém a ação do amido de milho é mais eficaz, além de quando utilizado em bolachas e bolos faz com que esses produtos tenham maior prazo de validade.

O amido de milho aparece em preparações geralmente a base de leite em que é preciso fazer com que elas fique mais espessas, como o creme de chocolate por exemplo. Quando se fala em sobremesas também pode se adicionar um pouco de amido de milho para ganhar consistência, pois, uma colher não fará diferença nenhuma no gosto.

O amido de milho pode ser incluso na Low Carb?

Essa farinha é altamente calórica e cheia de carboidratos. Por exemplo, em 100 gramas é possível encontrar 381 calorias e 91 gramas de carboidratos. Quando transformada em colheres de sopa, uma colher de sopa possui 70 calorias, não contém gordura nem proteínas e conta com 17 gramas de carboidratos.

Por isso é que o amido de milho definitivamente NÃO é uma farinha que pode ser inclusa na Low Carb pois, contém um alto índice de carboidratos além de nenhuma proteína. Mais do que isso é uma espécie de farinha altamente processada em que os benefícios de seu ingrediente principal não são mantidos.

Além disso, essa farinha é absorvida rapidamente pelo organismo, ela causa os picos de glicose no sangue e se não prestar atenção nisso a pessoa pode induzir o corpo a aumentar os estoques de gordura. Quando for consumida ele deve estar associada a alguns componentes de lenta absorção para evitar essa condição.

Esse ingrediente é utilizado principalmente por atletas que buscam aumentar o volume de massa magra sem perder a gordura que já tem. Isso porque os picos de glicose no sangue que ela proporciona são otimizados para serem transformados em energia logo após o treino quando o músculo precisa se recuperar rapidamente do seu esforço.

Nessas condições é necessário o auxílio de um nutricionista que irá ter embasamento tanto de quantidade quanto de ingredientes e como proceder.

O amido de milho em uma dieta de perda de peso age de forma tão prejudicial ao metabolismo quanto o açúcar. Essa é uma conclusão em que vários estudos tem chegado ao longo das experiências com alimentos.

Esse é um dos motivos que além de não fazer parte dos alimentos permitidos na Low Carb o amido de milho ainda deve ser evitado em qualquer dieta quando a busca é pela perda de peso.

O amido de milho em uma dieta como a Low Carb não tem tanta aplicabilidade. Isso porque ele é mais usado em preparações doces ou aquelas ricas em açúcar e farinhas, industrializados que são, em sua maioria, já evitados nessa dieta.

É bom que se tenha consciência que uma simples colher de amido de milho que for em uma preparação vai aumentar significativamente os níveis de açúcar no sangue e ingestão de carboidratos do dia, por isso não é ideal que ela seja inclusa. Se a preparação for por exemplo uma sobremesa diet para a Low Carb a gelatina em pó incolor apesar de um alimento industrializado consegue suprir as necessidades e ainda passar quase imperceptível pelo número de carboidratos em um dia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *