Dieta Low Carb para Diabeticos | Cardápio e Receitas para Você

low carb para diabeticos

Uma dieta low carb, ou seja, aquelas que é focada em um baixo consumo de carboidratos, pode ser uma grande alternativa para as pessoas com diabetes pois ela pode ajudar a gerenciar os níveis de açúcar (glicose) no sangue, já que em comparação com os outros alimentos, os carboidratos aumentam ainda mais os níveis de glicose no sangue, o que significa que o corpo deve produzir mais insulina para digeri-los.

É por isso que a dieta low carb para diabéticos pode ajudar a estabilizar os níveis de glicose (açúcar) no sangue, além de poder ajudar a neutralizar alguns outros efeitos desta condição, como por exemplo os que estão relacionados a doenças cardíacas e com o ganho de peso.

Por outro lado, as dietas focadas no baixo consumo de carboidrato também apresentam alguns riscos, incluindo deficiências de minerais e vitaminas, e para algumas pessoas, elas são mais difíceis de serem mantidas ao longo do tempo.

Recomendações de carboidratos para pessoas diabéticas

Atualmente não há nenhuma quantidade padrão recomendada por especialistas sobre a ingestão destes nutrientes por pessoas diabéticas, já que as necessidades variam de acordo com o peso, nível de atividade física, objetivos de saúde, entre ários outros fatores, por isso, que tanto na dieta low carb para diabéticos como para qualquer outra pessoa o ideal é trabalhar junto a um médico ou nutricionista para que eles possam ajudar a estabelecer as metas e quantidades específicas do consumo deste nutriente para cada pessoa.

Por que uma pessoa com diabetes deve seguir uma dieta low carb

O endocrinologista Dr. Bernsteinm que vive com diabetes tipo um por muitas décadas, aconselha qualquer pessoa com diabetes seguir uma dieta low carb por causa do que ela chama de “lei dos pequenos números”.

Ela explica que quando uma pessoa com diabetes tipo 1 limita a quantidade de ingestão de carboidratos, ela também reduz a ingestão de insulina, ou seja, quanto mais carboidrato você consumir, maior será a variação da absorção de insulina.

Outro ponto importante, é que os fabricantes de alimentos podem listar o conteúdo de carboidratos nos rótulos com uma margem de erro de 20%, ou seja, quanto menos carboidratos você consumir, na maioria dos casos será mais fácil gerenciar os níveis de açúcar no sangue.

Vários estudos realizados em diferentes partes do mundo mostraram um efeito positivo no controle do açúcar no sangue quando as pessoas fizeram uma dieta pobre em carboidratos, principalmente no caso daquelas que possuíam diabetes tipo 1 e 2.

Por que uma pessoa com diabetes não deve seguir uma dieta low carb

Embora tenha sido provado que a dieta low carb para diabéticos pode ser uma ótima alternativa para manter a saúde, em alguns casos ela não é aconselhável, como por exemplo:

  • Se você não possui apoio de um profissional de saúde em relação ao ajuste das duas doses de insulina ou medicação, tenha cuidado ao iniciar uma dieta pobre em carboidratos já que ela deve alterar suas necessidades de medicação podendo resultar em baixos níveis de açúcar no sangue caso não forem feitos adequadamente os ajustes necessários.
  • Pessoas com problemas nos rins deve consultar o médico antes de mudar a sua dieta.
  • Se você apresenta histórico de distúrbios alimentares não inicie uma dieta restritiva sem o apoio de uma equipe de saúde.
  • Se você tem diabetes tipo 1 e não verifica ou não controla bem seus níveis de açúcar no sangue, uma dieta low carb pode fornecer cetonas nutricionais, que são inofensivas a menos que seus níveis de glicose estejam elevados por muito tempo podendo desenvolver diabetes cetoacidose (CAD), condição potencialmente fatal.

Pesquisa sobre dieta low carb e diabetes

A The American Diabetes Association (Associação Americana de Diabetes) explica que as evidências sobre a quantidade ideal de ingestão de carboidratos para diabéticos e a quantidade de carboidratos e insulina disponível ainda são inconclusivas porém pode ser o fator mais importante que influencia a resposta glicêmica após uma refeição e deve ser levada em consideração na hora de desenvolver um plano alimentar, e que o monitoramento da ingestão de carboidratos continua sendo uma estratégia fundamental para controlar os níveis glicêmicos.

Sendo assim, a dieta low carb para diabéticos é bastante recomendada, mas é essencial que tenha o acompanhamento de profissionais da saúde para mudar o seu plano alimentar sem causar danos à sua saúde. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *