Dieta Low Carb O Que Pode Comer | Lista Completa

Primeiramente, a dieta Low Carb significa ao pé da letra “Baixo Carboidrato” e por isso ela é baseada principalmente na combinação de proteínas e gorduras boas. Ela é altamente efetiva para a perda de peso porém, a quantidade das gorduras boas ingeridas deve ser limitada pois elas tem mais calorias do que os carboidratos.

Por exemplo, as oleaginosas são uma boa opção para serem inseridas tanto nas refeições do dia a dia quanto em lanches, ou em uma fome de emergência. Mas, deve limitar-se a algumas gramas pois, se pegarmos amêndoas, por exemplo 100 gramas contém 580 calorias. Logicamente, a quantidade adequada é muito menor, de 10 a 15 gramas em uma refeição, e combinada com uma fruta já é uma ótima opção de lanche e evita os picos de glicose, que aconteceriam se a fruta fosse a opção isolada.

Porque não devo comer uma fruta isoladamente?

As frutas são ricas em um açúcar chamado “frutose” um monossacarídeo, carboidrato simples e por isso, é absorvido rapidamente pelo organismo. Se ingeridas isoladamente elas causam no um pico de glicose que, se ocorrer repetidamente transforma-se em armazenamento de gordura. É muito importante comê-las com casca ou bagaço, o que aumenta a quantidade de fibras. Logicamente, as frutas são alimentos saudáveis e tem grandes quantidades de fibras e minerais mas para potencializar seus efeitos e inseri-las na Dieta Low Carb deve acrescentar fibras ou oleaginosas.

Qual a melhor maneira de fazer a Combinação Frutas e Oleaginosas

O intuito de comer frutas com oleaginosas é para que o corpo leve mais tempo metabolizando esse alimento, causando mais saciedade e um potencializando os nutrientes do outro.

Frutas permitidas na Dieta Low Carb

Banana é uma fruta com alto índice glicêmico, então deve ser consumida juntamente com cereais como chia ou aveia, os quais farão com que a saciedade aumente e o pico de insulina não aconteça.

Nessa dieta também são permitidos ovos, então uma boa opção de lanche da tarde pode ser a preparação de uma Panqueca de banana feita com Uma banana, um ovo e uma colher de aveia. A frigideira pode ser untada com óleo de coco ou manteiga, cozinhar em fogo baixo e está pronto o lanche da tarde ou café da tarde.

Maça, Pêssego, Morango, Laranja são frutas práticas e podem ser inseridas na dieta desde que estejam acompanhadas com uma fonte de proteína ou gordura boa.

Possíveis Combinações: Maça com chia e canela, Pêssego com Linhaça, Morango com aveia, e Laranja com Granola.

A Granola é um alimento muito calórico pois, é fonte de gorduras boas, farinhas e farelos com muitas fibras. Existem vários tipos oferecidos no mercado, umas delas contém muito açúcar, inclusive açúcar branco. Então é importante ficar de olho na composição dela. Prefira as sem açúcar e corantes artificiais. Quando consumida não deve ultrapassar de meia xícara por refeição em um dia.

Outra opção de comer fruta é em combinação com proteínas. Iogurte desnatado ou alguns iogurtes com mais proteínas e menos açúcares. Mais uma vez é preciso ficar de olho no rótulo, sempre preferindo as versões desnatadas com mais proteína e com menos gordura possível. Existem também suplementos alimentares chamados Whey Protein que são feitos da proteína do leite como existem inúmeras versões disponíveis é necessário estudar qual a melhor versão para a sua dieta e objetivo.

Alimentos a base de leite que são permitidos na Dieta Low Carb são: Queijos e Ricotas.

Os queijos em sua maioria possuem baixas quantidades de carboidratos, porém são uma fonte de calorias por causa da gordura utilizada na fabricação. Além de serem também salgados, alguns muito mais que os outros. A quantidade média não deve ultrapassar 115 gramas por dia, pois se não ele se torna vilão ao invés de ajudar na perda dos quilos a mais.

Existem vários tipos de Ricotas também, com sal, sem sal, com mais gordura, menos gordura. O ideal é equilibrar o sabor e ficar sempre de olho nos rótulos pois eles dizem mais do que a tabela nutricional.

As carnes de frango, peixes e Carnes Vermelhas magras são permitidas também, porém é preciso alertar que a pele do frango por exemplo contém uma quantidade enorme de gordura, assim como a gordura presente em algumas carnes vermelhas. Então, elas são permitidas porém é preciso bom senso e evitar tudo que for gordura demasiada, como nesses dois casos.

Os peixes enlatados contém versões em óleo, e em água. O recomendado, quando em óleo é retirar o excesso e consumir junto com folhas verdes e leguminosas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *