Calabresa é Low Carb ? Veja Se Pode Comer Calabresa Na Dieta

calabresa é low carb

A calabresa é comercializada desde muito tempo tanto que, é uma das primeiras carnes processadas comercializadas no mundo. Acredita-se que a linguiça calabresa é uma invenção brasileira influenciada por imigrantes italianos, e sua aplicação principal é na pizza, onde compõe um dos sabores mais tradicionais.

Ela é feita com gordura e carnes suínas moídas e picadas e depois recebe os condimentos de acordo com o gosto ou fabricante que pode variar mas, sal e pimenta calabresa são essenciais. Depois são acrescentados os conservantes. Toda essa mistura é embalada e colocada em tripas comestíveis para depois ser cozida e comercializada.

Existem até alguns tipos que são defumados antes de irem para a prateleira. Podem receber mais pimenta ou diferentes tipos de sal. As diferenças na utilização da calabresa nas receitas dependem do tipo, algumas são mais cruas e servem para utilização em feijão, lentilha, para servir como diferencial em saladas, pizzas, recheios de pastel, dentre outros. As que são mais cozidas servem como um aperitivo para comer tomando cerveja, e petiscos.

A calabresa é muito popular pois é muito deliciosa e pode além disso, rechear tortas salgadas, omeletes, massas. Geralmente é usada com acompanhamentos pois é um alimento rico em sódio, ou seja, sal e condimentos. É dessa maneira que ela pode ficar por tanto tempo sob refrigeração e ainda permanecer no prazo de validade.

Quais são os aditivos químicos comuns na linguiça calabresa?

Todos os embutidos contém uma mistura de água, gorduras e proteínas. Além disso, é imprescindível que se misture também corantes para que a cor seja mantida, algumas substâncias que garantam o aroma característico e, substâncias que garantam que nenhuma bactéria se perpetue nessa carne.

Os nomes dos aditivos químicos são:

Antioxidantes, que evitam que a carne estrague ou fique de outra cor por causa do contato com o ar.

Conservantes: Eles fazem a proteção microbiológica e aumentam o tempo de vida desse alimento nas prateleiras.

Corantes: O corante mais utilizado é o urucum, um corante natural que tem origem na natureza e é utilizado para manter a cor tanto cru quando cozido. A cor mais avermelhada possui uma maior procura nesse tipo de carne, porém existem algumas marcas que não utilizam.

Emulsificantes: São adicionados para que a mistura seja homogênea e a massa aumente o rendimento e não perca peso e quantidade. Alguns até podem controlar o Ph.

Enchedores: Utilizados para reter a água, sendo geralmente ricos em amido.

Espessantes: São adicionados junto no momento da salmoura e possuem grande capacidade de retenção de água.

Estabilizantes: Retém a umidade do embutido.

Extensores: Eles servem para dar volume e textura, podem conter algum valor proteico ou não. Os mais comuns são: amidos e féculas.

Ligadores: Como o próprio nome já diz, servem para fazer a ligação correta entre a água e gordura desse alimento.

Realçadores: É muito utilizado pois é ele que garante o aroma e sabor dos embutidos.

Depois de conter todos esses ingredientes, afinal a calabresa é saudável?

Uma porção de 100 gramas de calabresa contém 333 calorias, nada de Carboidratos, 14 gramas de proteínas e 30 gramas de gorduras.

Esses valores são de uma linguiça calabresa tradicional podendo variar dentre uma e outra marca porém, não fogem muito disso.

Calabresa é Low Carb?

Teoricamente ela é, pois não possui carboidratos. Mas, ao incluir esse alimento na dieta Low Carb você inclui também: muita gordura, sódio e calorias. Por isso que, ao optar por consumir calabresa é indicado que seja escolhida uma versão light ou defumada com menos teor de sódio e gordura.

Hoje em dia, as opções são inúmeras para quem não quiser abrir mão dessa delicia na dieta, com menos calorias ela pode ser consumida mais, porém, uma coisa que dificilmente muda é o número de conservantes adicionados. Esse tipo de alimento necessita de todos esses condimentos acima para manter suas propriedades, gosto e forma.

Quando a vontade de comer calabresa bater é possível optar por versões com menos gordura, porém, lembrando sempre que se for ingerida em grande quantidade ou todos os dias pode facilmente levar a pessoa a engordar pois, quanto maior o número de gorduras em um alimento maior a probabilidade de que o corpo transforme esse ingrediente em gordura no corpo também. O mais importante em uma dieta é sempre a moderação, e com a calabresa não é diferente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *